loader

Na última semana chegou nas farmácias de todo o Brasil o primeiro extrato de canabidiol (substância presente na maconha que age sobre o sistema nervoso central, pesquisada para uma série de aplicações terapêuticas), que foi desenvolvido em solos nacionais.Isso foi possível graças a uma parceria entre a indústria farmacêutica e cientistas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP), que há décadas pesquisam possíveis aplicações farmacêuticas para compostos derivados da maconha (cannabis sativa)

O produto (que havia sido liberado pela Anvisa dia 22/04) chegou ao mercado nas véspera do Dia das Mães (10/05). A venda só será permitida perante a apresentação de receituário tipo B (azul) e com numeração controlada, assim como outras medicações, tipo calmantes, antidepressivos e outras substâncias psicoativas, que atuam sobre o sistema nervoso central.O produto foi registrado como um fitofármaco (fármaco de origem vegetal), sem indicação clínica pré-definida, ou seja, ele pode ser receitado para qualquer condição em que o canabidiol seja considerado potencialmente benéfico para o paciente (inclusive casos de ansiedade). 


FONTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *