loader

O site Business Insider divulgou um estudo recente feito por uma empresa que conecta Digital Influencers com agências e profissionais de marketing chamada Izea que aponta que, mesmo com mulheres dominando a profissão, os homens ainda estão ganhando mais dinheiro quando se trata de posts patrocinados.

A metodologia foi analisar os valores negociados com influencers dentro da plataforma da Izea entre os anos de 2014 e 2019. O estudo comprovou que neste mesmo período de 5 anos, as mulheres, mesmo sendo a grande maioria (87% do mercado), receberam 45% menos do que os homens por postagens em todas as plataformas sociais, incluindo Facebook, YouTube, Instagram e blogs em geral.

A análise abrange desde microinfluenciadores até celebridades do mundo digital. Além do estudo geral dos influenciadores, a empresa também analisou especificamente as taxas médias pagas por gênero para conteúdo patrocinado no Instagram.

De acordo com o relatório, só em 2019 o valor médio pago aos homens foi de cerca de US$ 2.365,00 e, para as mulheres, a taxa média foi de US$ 1.519,00.

Para o CEO da Izea, Ted Murphy, a grande diferença de valores acontece devido a “lei da oferta e da procura”, pois, como existem menos influencers do sexo masculino, eles costumam cobrar muito mais para fazer um post patrocinado do que influencers mulheres.

FONTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *