loader

Quem é mais seguro: WhatsApp ou Telegram?

Com o aumento significativo do número de escândalos envolvendo vazamento de dados e conversas via mensagens em aplicativos, a preocupação com a segurança online e privacidade cresceu consideravelmente, e se tornou um dos assuntos mais discutidos nas últimas semanas.O questionamento nos leva a pensar se estamos nos comunicando digitalmente de forma segura, e qual seria a melhor forma de trocar mensagens. Nestes quesitos, dois aplicativos se destacam aqui no Brasil: WhatsApp e Telegram. E a comparação é inevitável.

whatsapp telegram alexandria.ai

Afinal, qual dos dois é mais seguro? Quais suas diferenças? O WhatsApp é o grande líder quando se trata de popularidade, e sua maior vantagem é sua enorme base de usuários (quem hoje em dia não tem WhatsApp?). Quando o aplicativo foi lançado, o WhatsApp não tinha praticamente nenhum recurso de segurança, enquanto o Telegram avançava com criptografia de comunicação básica e chats secretos para impedir até grampos eletrônicos. No WhatsApp você podia ser grampeado em qualquer rede Wi-Fi com um programa simples, mas hoje em dia o aplicativo favorece a privacidade das mensagens, reduzindo inclusive a capacidade dos administradores de controlar spam e fraudes (sendo inclusive um grande propagador das famosas fake news). Atualmente, a  tecnologia de embaralhamento de mensagens do WhatsApp foi copiada do aplicativo Signal, considerado por muitos o melhor da categoria no quesito segurança, além disso ele armazena todas as mensagens trocadas apenas em um telefone, e não permite que outros aparelhos sejam ativados com o mesmo número. Mesmo que o WhatsApp esteja conectado ao seu computador através do “WhatsApp Web”, essa função não funciona se o smartphone estiver desligado ou sem conexão com a internet, porque toda a comunicação precisa ser intermediada pelo telefone onde o WhatsApp foi ativado.

iphone messenger apps alexandria.ai

Já o Telegram é um programa de troca de mensagens “na nuvem”. Com exceção dos chamados “chats secretos”, o conteúdo das conversas é todo armazenado no servidor online do aplicativo, ou seja, qualquer aparelho pode ser ativado e ter acesso a todas as mensagens já trocadas no Telegram, mesmo que o celular esteja sem conexão com a internet.Embora tivesse sido pioneiro nos chats secretos criptografados, o telegram optou por mantê-los como uma opção a mais, não os adotando como canal regular para a troca de mensagens.O WhatsApp se afastou dos recursos em “nuvem”, e manteve seu código fechado sob o argumento de que o usuário não precisa confiar no WhatsApp ou no Facebook, porque o aplicativo não guarda as conversas. O Telegram permite o uso do aplicativo em vários dispositivos ao mesmo tempo, e oferece armazenamento centralizado grátis para conversas. Isso facilita a migração e a conveniência na hora de trocar de aparelho celular, mas também expõe mais as conversas antigas no caso de uma invasão.

iphone apps alexandria.ai

Afinal, existe um mais seguro? Mesmo com tudo, é um pouco injusto dizer que o WhatsApp é “mais seguro” do que o Telegram. De fato, a menos que o usuário utilize a opção das conversas secretas, o WhatsApp é tecnicamente a escolha mais segura, mas, por outro lado, o Telegram tem uma vantagem adicional: o seu modelo de negócios, baseado em fundos privados e na primazia da proteção à privacidade, torna mais difícil que a intimidade dos seus usuários seja violada. O mesmo não pode ser dito sobre o WhatsApp. Em termos gerais, o WhatsApp não é capaz de imitar as funcionalidades do Telegram (o Telegram é mais semelhante ao facebook e ao Skype, enquanto o WhatsApp trabalha de uma forma completamente diferente), e não temos acesso ao código fonte para atestar sua qualidade, porém, é inegável que nos dia de hoje, o modelo do WhatsApp favorece muito mais a privacidade das mensagens, obrigando invasores a se esforçarem mais para consegui-las.


Behup, prazer. Trouxemos para o mercado o conceito #BehaviorTech, criando tecnologia para entender o comportamento humano, por meio de pesquisas e missões no nosso aplicativo de crowdsourcing, com mais de um milhão de usuários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *